Envie sua redação para correção
    O Rio São Francisco nasce na Serra da Canastra em Minas Gerais e, depois de passar por cinco Estados brasileiros e cerca de 2,7 mil km de extensão, deságua no Oceano Atlântico na divisa entre Sergipe e Alagoas.  
      O projeto de transposição do Rio São Francisco é um tema bastante polêmico, pois  a  tentativa de solucionar um problema que há muito afeta as populações do semi-árido brasileiro, a seca e, ao mesmo tempo, trata-se de um projeto delicado do ponto de vista ambiental, pois irá afetar um dos rios mais importantes do Brasil, tanto pela sua extensão e importância na manutenção da biodiversidade, quanto pela sua utilização no transportes e abastecimento.
       Se ocorrer a transposição para  região semi-árida aconteceria  o aumento do abastecimento das áreas secas, elevação da produção de alimentos, queda da mortalidade de rebanhos e, portanto, favoreceria a produtividade e vida no campo.Entretanto, pode causar impactos negativos que a alteração traria para o ecossistema da região ao intervir no habitat natural de muitas espécies.
        A transposição foi aprovada em 2007,trouxe muitos pontos positivos e também negativos como,perda do emprego da população nas regiões desapropriadas e dos trabalhadores ao término das obras. Modificação nos ecossistemas dos rios da região receptora, alterando a população de plantas e animais aquáticos. A criação de ambientes aquáticos distintos dos existentes e a alteração dos volumes de água nos rios receptores promoverão uma seleção das espécies. Risco de redução da biodiversidade das comunidades biológicas aquáticas nativas nas bacias receptoras. A seleção entre as espécies exóticas e nativas das regiões receptoras pode impactar na redução de espécies nativas. 
         Portanto,existe o RIMA para ajudar com esses impactos,que propõe  24 programas ambientais a serem implementados, com a função de prevenção, atenuação e correção de impactos, bem como para monitorar e acompanhar as mudanças ambientais na região. Alguns destes programas propostos visam garantir que os benefícios do Projeto sejam alcançados e a promoção das melhorias na qualidade de vida e ambiental da região semiárida por onde passarão os canais. A responsabilidade de execução dos programas é do empreendedor.