Envie sua redação para correção
    Segundo Sartre, filósofo francês, o ser humano é livre e responsável; cabe a ele escolher seu modo de agir. Logo, com o avanço do sistema capitalista, recai sobre o homem o compromisso de tornar o mundo mais sustentável. No século XXI, a escassez de água utilizável para a população acarreta vários problemas, e a necessidade da transposição do Rio São Francisco para o Nordeste, reflete essa realidade.
     Dentre os inúmeros motivos que tornam essa transposição necessária, é incontestável que uma das razões mais importantes para a realização dessa obra, foi sanar a deficiência hídrica presente em grande parte do estados Nordestinos, criando direta e indiretamente milhares de empregos.
     Outro fator existente que pode ser levado em conta, é o aumento na qualidade de vida da população e dos animais, pois as águas do São Francisco apresentam uma qualidade superior em relação aos reservatórios locais. Ainda convém lembrar que o deslocamento dessa água poderia diminuir os índices de mortalidade infantil e aumentar a expectativa de vida regional, pois essa é a parcela do território brasileiro com os maiores índices de mortes causadas por desidratação.
     É preciso que os indivíduos assumam, portanto, sua responsabilidade, utilizando essa água de maneira consciente. Sendo assim, desde que haja parceria entre governo, comunidade e família, será possível amenizar os problemas ambientais, construindo um Brasil mais sustentável.