Impactos da transposição no Rio São Francisco

Envie sua redação para correção
    Segundo a ONU ate 2030 quase metade da população estará vivendo em áreas com escassez de água uma realidade já vivida em parte do nordeste brasileiro .Uma das medidas tomadas é a transposição do rio São Francisco que pretende abastecer as cidades culminando no desenvolvimento dos animais ,do solo entre outros ,mas principalmente na qualidade de vida da população que perece com a seca .
          A falta da água causa uma reação em cadeia é o mais crucial e a fome , pois sem chuva as plantações que são cultivadas para própria subsistência morrem , junto com  os animais que são fonte de alimentação e renda. O desenvolvimento de crianças e extremante afetado , bebem água  sem tratamento , e as vezes nem bebem, sendo  obrigadas a colaborar com as poucas formas de  conseguir á sobrevivência .Muitas famílias não suportam e abandonam as casas o que contribuem com o a falta de desenvolvimento das cidades .
        Por ser tao abrangente tem a possibilidade de acontecer esse processo ,veiculando a água ,para rios e acudes que secam durante o período de estiagem através de canais que transportaram as águas . Apesar da tranposição do Velho Chico ser delicada e exigir uma demanda de investimentos existe uma serie de fatores que favorecem esse processo como a sua característica perene de nunca secar , ser um rio de integração e escoar por passagens muito diversas
        Portanto investir na transposição , dando continuação as obras  e prosseguir com o projeto que ira oferecer uma sobrevivência e desenvolvimento a toda área afetada pela seca .Com total responsabilidade e compromisso com as obras e com os riscos ambientais visando sempre nao causar dados ao Rio e mantendo sempre o objetivo de assistir a população que vive na seca .