Impactos da transposição no Rio São Francisco

Envie sua redação para correção
    Os problemas da transposição do Velho Chico
       Relativo à transposição do Rio São Francisco é valido salientar que essa é uma obra que foi idealizada desde do Brasil Império e só começou a ser realizada em 2007, e que apesar de parecer inteiramente benéfico, esse projeto acarreta em vários problemas ambientais, além de não resolver de fato várias questões do sertão nordestino.
       Do início das construções até os dias atuais o projeto já empregou mais de 11 mil pessoas, segundo dados do EIA (Estudo de Impactos Ambientais) divulgados no início de 2017, isso faz com que se movimente a economia de várias cidades sertanejas. Além disso, a transposição levará água para regiões onde antes as pessoas sofriam devido à seca e agora poderão melhorar a situação de suas lavouras e rebanhos.
       Entretanto, vários impactos ambientais são causados devido a essas obras. A mudança no curso do rio pode levar a migração de espécies aquáticas para um habitat exótico, acarretando possivelmente na diminuição no número de diversos desses animais. Outro aspecto a ser considerado é que a grandiosidade dessas construções, faz com que ocorra desmatamento de grandes áreas da caatinga, que já é um bioma bastante devastado pela agropecuária, e que agora pode aumentar ainda mais com maior oferta de água.
       Em consonância a isso está o fato de que problemas como a concentração fundiária, que é uma grave dificuldade enfrentada pelo nordeste, não será resolvida por esse projeto, pois, a melhoria nos recursos hídricos favorece principalmente quem possui terras para plantio ou pastagem, e esse bem na região é algo acumulado na mão de poucos.
       É necessário, portanto, que o Estado possa agir em duas frentes: primeiramente, deve-se montar equipes de biólogos para que possam agir na recuperação de habitats terrestres e aquáticos, em segundo lugar, é preciso que se limite a área destinada a agropecuária para evitar maiores degradações do meio ambiente, também é de fundamental importância que se realize uma reforma agrária, a fim de expandir as oportunidades de melhoria de vida para a população sertaneja.