Envie sua redação para correção
    Vitimismo. Busca por privilégios. Espuriedade. Segmentação. Polarização social. Essas são algumas constantes que permeiam a discussão sobre a intransigência de discursos em relação a ''minorias''. Assim, mesmo todos sendo integralmente iguais perante a lei, ainda existem grupos que reivindicam direitos (privilégios) que imunizam segmentos da sociedade em detrimento de todo o conjunto. Nesse sentido, percebem-se demasiadas buscas por regalias e ampla intolencia praticada pelos próprios ''oprimidos''.
     Nesse contexto, é importante salientar que a busca desses grupos por regalias é totalmente ilógica e antidemocrática, pois pessoas inocentes e trabalhadoras podem ir presas por simples ''vingancinhas bobas'' de indivíduos desses segmentos. Segundo a revista Veja, um deputado gay está tentando tramitar um projeto de lei que dará, imediatamente, de 3 a 5 anos de cadeia para qualquer pessoa denunciada por um homossexual, sem nenhum tipo de investigação prévia ou averiguamento. Um projeto totalmente vergonhoso e ilegal, onde joga no lixo o princípio constitucional, pétreo, da presunção de inocência. Torna-se claro, à vista disso, que todos somos iguais perante a lei e a criação de privilégios e regalias para segmentos sociais só gerará indignação e revolta na maioria.
     Ademais, outro grande contribuinte para essa problemática é a monstruosa intolerância dos próprios grupos que se dizem ''intolerados''. No início de 2018 um grupo de cinco estudantes foi agredido e escorraçado da UNB pelo simples fato de estarem vestindo uma camisa do atual presidente, Jair Bolsonaro. Com isso, é perceptível onde se concentram os focos de ódio.
     Fica evidente, portanto que o privilégio e o ódio precisam ser combatidos. Nesse sentido, faz-se necessário que o Governo, por meio do congresso, barre e anule qualquer tipo de projeto de lei que tente desvirtuar o princípio legal de isonomia. Para que todos sejam tratados igualmente perante a lei e os privilégios sejam combatidos. Além disso, é preciso que a mídia averigue e denuncie qualquer tipo de intolerância seja qual for. Só assim, as regalias e a falta de complacência serão diminuídas no Brasil.