Envie sua redação para correção
    Homofobia consiste no sentimento de rejeição ou aversão a pessoas homossexuais e à homossexualidade, manifestado através da agressão física e/ou psicológica contra qualquer um da classe LGBT (lesbicas, gays, bissexuais e transsexuais). No Brasil, segundo uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP) em 2014, a cada dez pessoas LGBT, sete já sofreram ataques homofóbicos.
         Para entender essa situação é necessário entender a maneira de pensar das pessoas que agem de maneira agressiva e preconceituosa. Tudo começa quando crianças: a algumas décadas atrás, não era comum que as pessoas de orientação homossexual se revelassem perante a sociedade, pois os costumes da época não permitiam tal situação já que consideravam depravado e corruptor da família e do respeito que a mesma tinha aos olhos da sociedade. 
         Com o passar dos anos, algumas pessoas se abriram para novas formas de pensar e entenderam que é sim possível e comum se relacionar com pessoas do mesmo sexo. Entretanto, ainda restou um pouco dessa cultura de perseguição nas famílias mais ortodoxas e tradicionalistas, o que gera as situações de ataques e assassinatos as pessoas homossexuais.
         Para que a sociedade se torne mais consciente há a necessidade de que as pessoas sejam instruídas desde crianças de que ter uma orientação sexual diferente das outras é normal e saudável, esse processo pode ocorrer através das escolas, professores e especialistas da área, desde o jardim de infância, implementando palestras educativas para que as crianças cresçam sem preconceitos.