Intolerância e discurso de ódio contra minorias

Envie sua redação para correção
    Intolerância e discursos de ódio contra minorias 
        As minorias da sociedade, são conceituadas dessa maneira não por estarem em menor quantidade, mas por seguirem um comportamento, ideologia ou identificação fora do padrão ou senso comum. Por isso, diariamente as minorias são alvo de preconceitos seja ele religioso, racista, homofóbico ou até mesmo machista. Estes preconceitos agregados a ideais ultrapassados se transformam em discursos de ódio, nos quais os praticantes demonstram sua intolerância e ofendem os mais vulneráveis. Criando uma cultura de ofensas que prejudicam muito às vítimas. 
        Essa cultura é disseminada de forma mais abrangente com o advento dos meios de comunicação ligados à internet e redes sociais, pois, através delas, o agressor não se indispões fisicamente. De acordo com o jornal "O Globo", em 2017, 84% das menções na internet referentes a raça, opção sexual ou religiosa e afins foram de forma negativa. 
         A frequência em que eventos nos quais indivíduos ofendem outros  verbalmente, se manifesta regularmente e infelizmente já se tornou banalizado. Os agressores, em muitos casos expressam suas opiniões carregadas de intolerância e repulsa de forma gratuita. Por acreditarem em sua superioridade e não enxergarem o próximo como um ser humano digno de respeito e empatia.
           Ademais, o impacto que estes discursos de ódio causam na vida dos indivíduos que são vítimas é imensurável. Ferem o psicológico e podem acarretar uma série de problemas mais profundos, como depressão, ansiedade. Além de sentimento de incapacidade, inferiorização das vítimas.
    
           Desta forma, para que a incidência de casos de intolerâncias em forma de discursos seja amenizada, deve-se conferir a este uma punição legal, na qual o ofensor possa entender a gravidade de sua agressão. Além disso, também é cabível maior informação e dados estatísticos, especialmente para crianças em escolaridade, de forma a identificar e combater casos de desrespeito, ódio e intolerância.