Envie sua redação para correção
    Intolerância e ódio NÃO
    
          O ódio e a intolerância, são problemas que se mantêm na história da humanidade como uma forma de intimidação, ou seja, para impor a vontade de uma pessoa (ou o grupo em que esta está inserida), sob os demais. Uma vez que a minoria se encontra em desvantagem em relação a outros, ela é constantemente vítima de intolerância. 
          Em pleno século XXI, com todo esse avanço tecnológico, isto é,  um mundo moderno, não deveria mais existir esse preconceito contra minorias, mas esta mentalidade antiquada ainda é real. Por isso, a luta pela igualdade e dignas condições de vida vêm crescendo. O cidadão tem direitos e deveres, que devem ser respeitados e cumpridos de acordo com as leis de convivência comum, e estes precisam ser válidos a todos, que são iguais perante a lei.
          O artigo 5° da Constituição Federal brasileira diz que, "todos somos iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade". Mas essa legislação deve ser posta em prática, a justiça precisa ser feita nos casos de opressão, não é suficiente apenas existir leis para promover o bem-estar de todos sem preconceitos contra sexo, raça, origem, cor . Caso isto não aconteça, é direito do indivíduo manifestar-se e protestar em prol dos seus direitos. Além de se unirem para erguer-se diante da sociedade, o que resulta em passeatas, marchas e comunidades como, por exemplo, o feminismo.
          Considerando os aspectos mencionados, fica evidente a necessidade de medidas para reverter essa situação. O Estado deve ser responsável pela segurança de todos, por isso, é fundamental investir na prática das  leis de igualdade social, criando programas de inclusão da minoria, no qual é fundamental para um melhor convívio dentro de uma sociedade.