Intolerância e discurso de ódio contra minorias

Envie sua redação para correção
    É consenso entre a sociedade contemporânea, que a intolerância e o discurso de ódio contra minorias aumentou significativamente nos últimos anos. Apesar de grande parte da população defender a tolerância e o respeito, na hora de demonstrar, os mesmos não condizem com seus pensamentos. A vontade de defender seus próprios pensamentos e de que todos concordem é tão exorbitante que acaba por invadir o espaço do próximo e acarretando um desrespeito.
      Por isso, é importante que todos tenham o porta-voz e que haja discussões sobre qualquer assunto, mesmo que as ideias sejam divergentes. É necessário que se discuta para melhorar, mas sem opressão ou qualquer tipo de repressão para com a minoria.
      Também vale lembrar que como o grande filósofo Jean-Paul Sartre disse: "A violência, seja qual for a maneira como ela se manisfesta, é sempre uma derrota", e com isso é possível entender os grandes manifestos de ódio e intolerância como uma gigantesca derrota para a sociedade.
      Dados os fatos, medidas cabíveis devem ser tomadas. Como grandes palestras sobre o respeito entre os pensamentos divergentes, organizadas por escolas públicas e privadas, com apoio do Ministério da Educação e da Cidadania, fazendo com que se forme o pensamento de respeito nos jovens, para que se tenha um futuro mais tolerante.