Envie sua redação para correção
    No século XIX, o desenvolvimento da Revolução Industrial impulsionou o consumo na sociedade europeia. Consequentemente, o aumento da produção somado ao consumismo desenfreado, elevou a quantidade de lixo produzido, sendo descartado incorretamente o que contribui para a degradação do meio ambiente. De fato, o descaso com o lixo é uma afronta à cidadania.
          Sob esse viés, pode-se apontar os péssimos hábitos e costumes por parte da população brasileira que corrobora para o descarte inadequado do lixo. Conforme o pensamento do filósofo Jacques Rousseau, a natureza fez o homem feliz e bom, mas a sociedade deprava-o e torna-o miserável. Nessa lógica, muitos sabem da importância de separar o lixo, não despejar em rios ou nas ruas, porém por uma questão cultural relacionada à falta de responsabilidade ambiental não cumpre, colaborando para a poluição hídrica, disseminação de doenças e alagamentos. Prova disso, na cidade de Itapetinga-SP, moradores jogam lixo em ribeirão apesar de possuir um recolhimento regular. Dessa forma, o problema do lixo tornou-se banal e invisível aos olhos da população.
          Ademais, os gestores públicos não priorizam em suas administrações a reciclagem do lixo. A Política Nacional dos Resíduos Sólidos(PNRS) determina a obrigatoriedade dos municípios realizarem a coleta seletiva, no entanto os poucos municípios que acatam essa lei não possuem usinas de reciclagem, tornando essa ação inócua, visto que o lixo coletado será destinado aos lixões os quais deterioram o meio ambiente. De acordo, com o Ministério do Meio Ambiente, apenas 3% de todo lixo produzido no país é reciclado. Logo, as usinas de reciclagem devem ser prioridade no planejamento urbano com o intuito de atenuar os impactos causados pela produção excessiva do lixo.
          Diante dos fatos mencionados, cabe a sociedade cobrar dos governantes por meio de manifestações e debates o cumprimento da lei dos resíduos sólidos com eficácia a fim de que a política dos 3R’s,reduzir, reciclar e reutilizar seja colocada em prática. Ainda, o Governo deve divulgar campanhas publicitárias nos meios de comunicação a respeito da importância da coleta seletiva com o objetivo de auxiliar na reciclagem, obtendo um maior aproveitamento do resíduo. Dessa maneira, através dessas medidas implantadas será possível uma melhor qualidade de vida à população e ao meio ambiente. Pois, segundo o escritor João Bosco da Silva ‘’a responsabilidade social e preservação ambiental significa um compromisso com a vida’’.