Envie sua redação para correção
    Reciclar, reaproveitar e reutilizar: o lema dos três R
      Reciclar, reaproveitar e reutilizar. Esses são, ou deveria ser, os lemas presentes na consciência coletiva do cidadão do século XXI. Graças à revolução industrial e ao processo de urbanização, o lixo tornou-se uma pandemia global e um desafio para as nações. Nesse sentido, o consumismo, além de acentuar tal realidade, pune duramente a natureza e os seres vivos.
      Nesse contexto, em uma sociedade onde cada vez mais prevalece a norma “tempo é dinheiro”, o pensamento global volta-se exclusivamente à moeda. Ela, por sua vez, possibilita o poder de compra, muitas vezes associado a status e à felicidade em redes sociais. O consumismo, assim disfarçado, influência o surgimento da obsolescência programada que transforma bem duráveis, em supérfluos e descartáveis. Assim, após a perda de valor, recomeça o ciclo de consumo desenfreado, ou melhor, da produção de lixo.
       Por esse prisma, devido a essa dinâmica, surge problemas ambientais que dificultam o processo de evolução natural e os ciclos do meio ambiente. A eutrofização dos corpos hídricos, o desaparecimento e morte de animais e a contaminação dos lençóis freáticos são apenas alguns exemplos de um presente assombroso. Dessa forma, a longo prazo, é possível que o planeta torne-se inabitável não somente a espécies selvagens, mas também à humana.
       Portanto, o consumo sem limite favorece a concentração de resíduos, além de prejudicar a vida na Terra. Nesse sentido, para de ir de contramão a um futuro distópico, é necessário que os governos locais, municipal e estadual, associados à Tv e à internet, conscientizem a população. Para isso, é imprescindível a criação de propagandas e políticas públicas voltadas para a infraestrutura apropriada para a coleta de lixo. Por meio disso, seria possível estender nacionalmente tais projetos e, quem sabe, criar uma consciência global preocupada com os detritos no meio ambiente. Somente assim é possível aplicar os lemas dos três R ao mundo contemporâneo.