Envie sua redação para correção
    Um dos preceitos responsáveis por orientar o comportamento humano dentro da sociedade é a moral. Tal principio é fundamental quando se trata de sustentabilidade, uma vez que é essencial para relações harmônicas e saudáveis com a natureza. Entretanto, nem todos os indivíduos são capazes de exercer esta conduta, pondo em risco o futuro do meio ambiente e da vida na Terra. Haja vista a quantidade exacerbada de lixo no planeta, que caracteriza uma problemática a ser resolvida. 
          É preciso considerar, antes de tudo, as causas disso. Após a I Revolução Industrial, a população perde os limites entre o necessário e o supérfluo. Isso, por meio da indústria cultura, cujas propagandas publicitárias alimentam o consumo para gerar cada vez mais lucro. Assim, os produtos passam a ter um destino programado para durar menos, se tornando descartáveis e, como resultado, toneladas de lixo são descartadas diariamente ao redor do mundo. 
          Em uma abordagem mais profunda, falta consciência. Seja por parte da população ou do governo, as preocupações com o acúmulo de lixo não estão sendo concretizadas na maioria dos países. Essa má gestão dos resíduos causam danos à saúde, por meio da proliferação de doenças, ou enchestes, devido ao entupimento de bueiros. Além disso, os anos que levam para se decompor, somados ao descarte inadequado, poluem o meio ambiente através da contaminação do solo e dos lençóis freáticos.
          Fica evidente, portanto, que algo deve ser feito para reduzir a quantidade de lixo no Planeta. Para isso, o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente deve convocar uma reunião com os países para discutir o futuro do lixo e assim, definir medidas que impõe a essas nações, a sua redução. Isso deverá ser feito através de programas governamentais que exija da população a separação do lixo nas residências, assim, o Estado fará o descarte e o reaproveitamento da forma correta. Ademais, junto com as escolas, ensinar as crianças maneiras de reciclar materiais, transformando-os em brinquedos. Por fim, com a mídia, alertar o restante da população ao consumo consciente. Dessa forma, o ser humano poderá resgatar, mesmo que em passos lentos, relações harmônicas com o meio ambiente, tornando esse, sustentável.