Lixo e cidadania: “Pensar globalmente, agir localmente”.

Envie sua redação para correção
    O filme "Wall-e", de Andrew Stanton, narra a história de como o planeta tornou-se inabitável por causa do descarte incorreto do lixo e do consumo desenfreado. Nessa obra cinematográfica, é explicitada a mensagem de que o recolhimento correto dos resíduos deve ser realizado para haver ordem. Com isso, fora da ficção, percebe-se o reflexo desse relato, o qual condiciona o país a um atraso social.
       Nesse contexto, um dos vetores reside no descaso estatal. De acordo com a Constituição Federal de 1988, o Estado tem o dever de garantir à sociedade um meio ambiente ecologicamente equilibrado e essencial à boa qualidade de vida. No entanto, a prática desse direito social permanece na teoria, pois quando se contempla a realidade ambiental, percebe-se a ausência de uma coleta e descarte adequado. O produto de tal assertiva é a proliferação de doenças, como parasitoses, o que contribui para o agravamento das dificuldades da saúde pública.
       Ademais, outro condutor dessa mazela recai sobre a atuação da coletividade. Conforme o sociólogo Karl Marx, a sociedade está inserida em um universo do consumo. Dessa forma, com o bombardeamento de anúncios publicitários e a existência da "obsolência programada", os indivíduos sentem-se atraídos pelo mercado e esses hábitos individuais tornam-se coletivos. Como substrato disso, tem-se um aumento expressivo na quantidade de lixo urbano produzido diariamente.
       Depreende-se, portanto, que há necessidade de uma reeducação social iminente. Para isso, o Estado deve aderir às novas políticas públicas, que venham pôr em prática os direitos sociais garantidos em leis, por meio da implantação da coleta seletiva em todos os estados e a criação de aterros sanitários, a fim de que haja uma significativa redução de doenças. Por sua vez, a escola pode auxiliar na orientação dos discentes quanto ao ensino do controle financeiro, por intermédio de didáticas especiais, para que o problema do consumismo exacerbado seja tratado desde a base, como prevenção. Logo, o país poderá "caminhar" rumo ao desenvolvimento.