Lixo e cidadania: “Pensar globalmente, agir localmente”.

Envie sua redação para correção
    As Revoluções Industriais foram responsáveis pela ampliação de modelos produtivos que buscam o lucro . De forma análoga , o aumento da produção industrial favoreceu o crescimento populacional em zonas urbanas . Consequentemente , tais processos culminaram na ênfase do consumismo e na posterior má distribuição do lixo produzido pelas empresas . Desse modo , em um panorama atual , a questão do lixo é um problema sério e se sustenta pela negligência em aspectos econômicos e políticos.
      Em primeira análise , é perceptível que a necessidade de busca por novos mercados consumidores intensificou o problema . Na metade do século XX , foi instaurada uma política no campo econômico conhecida como "obsolescência programada" - as mercadorias industrializadas passaram a ter um prazo de uso , reduzindo a vida útil dos objetos . Nesse sentido , com os pertences cada vez mais obsoletos em um menor período de tempo , os indivíduos buscam adquirir os produtos novos instantaneamente . Por isso , na medida em que a produção industrial deve acompanhar o consumismo irrefreável e constante , a temática do lixo é agravada , ganhando proporções gigantescas . 
      Convém ressaltar , em segunda análise , que o descaso governamental também dificulta a situação . De acordo com o filósofo Michel Foucault , o papel do governo é maximizar o bem-estar do seu povo . Porém , o Estado , como ator máximo da organização pública e da garantia de direitos sociais , falha no quesito da manutenção do lixo urbano e industrial , uma vez que não possibilita medidas efetivas para o controle dos resíduos , deixando-os muitas vezes a céu aberto . Percebe-se , então , a carência de políticas públicas na garantia de infraestrutura de qualidade para todos . Assim , com o seu direito violado , a população por si só raramente encontra maneiras de reverter a situação . 
      Portanto , o setor de mídia e comunicação deve agir na criação de campanhas publicitárias , com o objetivo de elucidar os indivíduos sobre os males do consumismo exagerado e estimular a prática da reciclagem , em prol de estabelecer menores agravamentos na propagação do lixo . Ademais , o Estado precisa ampliar a formação de aterros sanitários ecologicamente sustentáveis e elaborar um mapeamento em áreas mais carentes do Brasil , a fim de investir na infraestrutura desses locais e possibilitar uma maior qualidade de vida para toda população . Graças a essas medidas , a sociedade que Foucault buscava tem chance de ser alcançada .