Envie sua redação para correção
    Em uma sociedade onde o consumo é o produto do capitalismo, o homem produz diariamente grandes quantidades de lixo. Situação fortemente agravada por ainda não existirem métodos adequados para o tratamento e o destino do lixo produzido pela sociedade. Tal problemática afeta o meio ambiente e o meio social, causando doenças, poluição das cidades e de ecossistemas. O homem precisa aproveitar melhor sua capacidade de produção tecnológica em prol dessa problemática, evitando, dessa forma, futuros problemas ambientas, sociais e econômicos.
          A degradação do meio ambiente causada pelo tratamento inadequado do lixo, afeta cada vez mais ecossistemas, tanto em mar quanto em terra. O que se torna extremamente alarmante, pois em um mundo onde a natureza já vem há muito sofrendo com a poluição e degradação que o homem causa, lidar com essa questão em uma sociedade globalizada e com diversos recursos tecnológicos, chega a ser antiquado. Há também uma questão que precisa de mais atenção por parte da sociedade, que é a questão dos lixões à céu aberto. Além de ser um local extremamente propício a doenças para as pessoas que costumam habitar sua região, a quantidade de gás metano, um dos agentes do efeito estufa, liberados pela degradação da matéria orgânica, são muito preocupantes. No Brasil, apesar de ter sido erradicado em 2012 o uso de lixões a céu aberto, a maioria das cidades brasileiras ainda convivem com essa problemática. 
          Em relação a economia, prejudicando o meio ambiente hoje, é garantir problemas futuros, e com isso, prejudicar o setor primário da economia, setor do qual é a base econômica de muitos países subdesenvolvidos. Evidenciando que a questão do tratamento adequado do lixo no mundo vai além de problemas ambientais. É preciso também conscientizar melhor as pessoas sobre a possibilidade de lucros que o lixo pode trazer, tanto quanto o que é proporcionado pela reciclagem, tanto quanto o que é aproveitado da sucata eletrônica, da qual possui como materiais em sua composição metais valiosos. Estes, muitas vezes, acabam descartados sem valor nenhum.
          Diante do argumentos supracitados, o primeiro passo para vencer essa adversidade, é implantar em escolas como matéria obrigatória, educação ambiental usando técnicas de reciclagem e preservação, conscientizando desde cedo, crianças e adolescentes a saberem lidar com o meio ambiente de maneira sustentável e aproveitarem o lixo que pruduzem. Criar projetos sociais que estimulem a população a gerarem lucros a partir do lixo, por exemplo, com a reciclagem e até mesmo o que pode ser obtido a partir da sucata eletrônica. E assim, reverter parte desse resultados para a sociedade, e parte a recuperação de ecossistemas e a manutenção de aterros sanitários.