Envie sua redação para correção
    Antes do início da Primeira Revolução Industrial, o acúmulo de lixo se baseava em resíduos orgânicos, estes facilmente decompostos por microorganismos.No entanto,após a capitalização do globo,através do aumento do consumo de bens tecnológicos, bem como o tratamento inadequado destes,a problemática do lixo tem sido agravada por conta da não reutilização de recursos não renováveis.
          É nítido a influência da obsolescência programada nos dias atuais,isto é,construção de produtos projetados para durarem um certo período, de forma que, a necessidade de descartar objetos ultrapassados,como também comprar novos bens,se torne  comum,principalmente, nas grandes cidades.Diante disso, toneladas de lixos nocívos ao meio ambiente são descartados de maneira irresponsável todos os dias, tal ação  acarreta na  contaminação de solos e lençois freáticos.
          Embora existam projetos de reciclagem e reutilização de resíduos,na prática, isso não ocorre de maneira eficiênte.No Brasil, por exemplo,há o recolhimento do lixo reciclável através de caminhões de coleta,em diversas regiões, contudo,informações  primordiais como: que horas acontece o recolhimento e como descarta cada tipo de material nas residências,não são divulgadas de maneira coesa à população, esta que se sente desestimulada.
          Com base nos aspectos mencionados, é primordial a atuação das Administrações Regionais na mobilização de especialistas de reciclagem, por meio de palestras informacionais, acerca dos passos e cuidados que devem ser tomados na hora de separar cada tipo de elemento, a fim de sanar as dúvidas acerca do procedimento.É imprescindível também, a intervenção de ONG's na organização de campanhas que se posicionem a favor da confecção de produtos duráveis e de qualidade nas indústrias, a fim de evitar o consumo excessivo e a obsolescência programada, citada anteriormente.