Novas formas de totalitarismo na era tecnológica.

Envie sua redação para correção
    Nos tempos atuais, as tecnologias de informação e comunicação são meios indispensáveis para a sociedade, porém,  também podem ser ferramentas muito úteis para diversos governos controladores em todo o mundo.
      Com a ascensão da tecnologia e os diversos modelos de comunicações tecnológicas se expandindo, seu uso está cada vez mais presente no nosso cotidiano, possuindo diversas formas e funcionalidades, sejam eles comunicativos ou informativos, são ferramentas indispensáveis para saber o que está acontecendo no Brasil e no mundo, conversar com um amigo que mora longe ou fazer com que várias pessoas obedeçam suas ordens, controlando massas e fazendo com que os interesses do Estado sejam atendidos.
       Nos governos totalitários, a liberdade de expressão se torna algo mítico e impossível de se conquistar, já que o Estado tem grande poder de intervenção na vida do cidadão, censurando ideais e mostrando grande poder de controle sobre tudo e sobre todos, fazendo com que os cidadãos não pensem, apenas ajam de acordo com o que lhes foi dito e mandado, e, nos dias atuais, a expansão da tecnologia tem ajudado esses governos a ficarem cada vez mais poderosos, visto que o alcance de manipulação e controle pode ser ainda maior e mais rígido, como é no caso da China que, por meio de um controle ideológico de um aplicativo do governo intitulado "Estude a Grande nação", muitas vezes por meio de pressão, conseguiu atingir diversos estudantes, trabalhadores e funcionários públicos chineses com o intuito de controlar o que os cidadãos fazem ou deixam de fazer, já que se vocês estiver com pontuação baixa no aplicativo, você é ridicularizado.
      Progredir tecnologicamente está constantemente presente nos tempos atuais, mas também, com toda a progressão de um lado, vem a sua regressão de outro e os indivíduos que se aproveitam disto com o intuito de aumentar seu poder e expandir suas ideologias.