O abuso de álcool na sociedade brasileira

Envie sua redação para correção
    No que se refere a bebida alcoólica a ciência da história relata  que sua popularidade deu  inicio na idade média e está ligada a celebração, glamour e poder,povos antigos como os sumérios bebiam  cerveja por que acreditavam que estariam sendo ''abençoados'' devido ser um liquido mais limpo e visto como seguro já que a água da região era suja e carregava bactérias. De fato é evidente que esta pratica é seguida até hoje  por parte da sociedade e vista com certa atração,todavia seu uso indiscriminado está atrelado a problemas sociais,de saúde e monetário.
        O Brasil,é o 5° país da América latina que mais consome álcool no mundo (OMS),local onde a cultura,clima,população  propicia  hábitos de festividades e descontração,e em meio a isso a ingestão de bebida alcóolica está naturalizada. O fato do desejo de crianças e adolescentes estimar por hábitos adultos precocemente cria uma tentação em relação as  bebidas com teor alcóolico. Isto é consequência de um ideal filosófico chamado ''efeito manada'' onde diz que o ser humano tende a imitar o comportamento do outro,difundido pelo alemão Friedrich Nietzsche.
        Pode se dizer também que essa popularização do álcool é impulsionada pelas grandes industrias desses produtos e publicidade que atinge canais de televisão,redes sociais,jornais,e outdoors pela cidade. Todavia os efeitos de seu consumo exacerbado pode atingir maléficamente a saúde do individuo,além de ser constituido por calorias vazias está diretamente associado a canceres de esôfago,boca,faringe e seu efeito psicológico pode fazer com que o sujeito tome atitudes indesejadas por pura euforia ,por fim podendo gerar dependência da substancia.  
           Em vista dos argumentos apresentados é preciso que haja uma regulamentação quanto a publicidade das bebidas e divulgadas em horários com menos audiência juvenil. Outro fator visando a conscientização  dos agravos a saúde seria expor nas embalagens seus reais efeitos se ingeridos de maneira exagerada,assim como foi feito com a industria do cigarro nos anos 90