O abuso de álcool na sociedade brasileira

Envie sua redação para correção
    A Revolta da Cachaça ocorrida em 1660, devido ao aumento de impostos sobre a aguardente, demonstra que a história do Brasil com o álcool não é nova. Quase 360 anos depois, essa substância protagoniza uma grave questão de saúde pública: O consumo abusivo de álcool na sociedade brasileira. Assim, políticas públicas são essenciais para combater esse problema que possui raízes culturais e influência de grandes empresas.
     Por ser uma substância lícita e com efeitos dopaminérgicos, o álcool foi facilmente incorporado ao dia-a-dia no país. Geralmente, consumido em grupos de pessoas, ele cumpre uma função social de integrar e estabelecer o bem-estar entre esses  indivíduos. Em decorrência disso, a frequência de ingestão de álcool tem aumentando entre os brasileiros e é cada vez mais jovem que se ingere a primeira dose, a fim de melhorar o desempenho social em grupos, porém aumentando o risco de dependência química. 
    Além disso, grandes empresas se aproveitam desse fenômeno social para lucrarem, vendendo felicidade associada ao consumo alcoólico. As propagandas de cerveja, vodca etc que são veiculadas na mídia, frequentemente, retratam pessoas sorridentes e festejando algo, para que se crie no imaginário da população a ideia de que álcool traz alegria. Consequentemente, atraindo mais consumidores, porém não alertando sobre os danos a saúde.
    Portando, é fundamental que se crie políticas públicas para minimizar o fator cultural sobre o consumo de bebidas alcoólicas e regulamentar as propagandas feitas pelas empresas do setor. Faz-se necessário que o Ministério da Saúde crie campanhas publicitárias que informem e sensibilizem a população sobre os prejuízos do consumo exagerado do álcool sobre o organismo, incentivando a diminuição do consumo. Em conformidade, o Governo deve criar uma lei que ordene que as propagandas de produtos alcoólicos veicule mensagens sobre as doenças que ele causa, como forma de reduzir o hábito de ingestão. Dessa forma,, esperar-se-á um decréscimo nos índices de abuso de álcool no país.