Envie sua redação para correção
    No romance '' Admirável Mundo Novo '', de Aldous Huxley, a sociedade faz constante uso do soma - uma pílula com efeito entorpecente - como alternativa para o esquecimento de problemas cotidianos. Não tão distante da ficção, grande parte da população brasileira encontra em uma droga - o álcool - uma rota de fuga para as adversidades. Contudo, essa falsa sensação de liberdade advinda do consumo de álcool tem sido potencializada pelos veículos midiáticos, culminando em uma ingestão alcoólica cada vez maior que, por conseguinte, gera diversas consequências na sociedade acarretadas pelo uso abusivo de álcool.
      É importante pontuar, de início, que a principal causa para a ingestão de bebidas alcoólicas é a sensação de prazer e liberdade propiciada por elas, e é neste fato que as produtoras de bebidas alcoólicas têm fundamentado a obtenção de seus lucros. Isso porque, as publicidades promotoras da comercialização dessas bebidas associam seu consumo a ideia de socialização e felicidade, sendo estes tidos como benefícios provenientes da ingestão do álcool. Desse modo, em uma sociedade que vive na constante busca por prazer e aceitação social, a mídia tem potencializado o consumo de bebidas alcoólicas no país.
      Em decorrência disso, a sociedade torna - se cada vez mais suscetível as consequências advindas do consumo  exagerado de álcool. A priori, pode - se destacar os acidentes de trânsito por embriaguez que, mesmo após a implantação da Lei Seca, ainda são responsáveis por cerca de 40 mil mortes por ano, segundo dados do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM). Ademais, o consumo exacerbado de álcool, além de gerar dependência a longo prazo, também tem potencializado a violência no país. Assim, toda a sociedade brasileira tem sentido os efeitos do consumo desmedido de bebidas alcoólicas.
      Frente ao exposto, fica evidente a necessidade de diminuir os índices de consumo de álcool no país. Para isso, o Poder Legislativo deve elaborar leis que proíbam a veiculação de propagandas de bebidas alcoólicas, de igual modo foi a proibição de propagandas de cigarro, com o intuito de suprimir a falsa ideia de felicidade e bem estar propiciadas pelo álcool e, consequentemente, reduzir seu consumo. Desse modo, será possível garantir que as bebidas alcoólicas não causem impactos negativos na sociedade brasileira.