O abuso de álcool na sociedade brasileira

Envie sua redação para correção
    O álcool é uma líquido característico adquirido, principalmente, a partir do processo de fermentação de açucares. Ele é utilizado para  consumo em bebidas desde a antiguidade, porém, atualmente, o Brasil sofre com os problemas sociais, econômicos e políticos que o abuso dessa substância lícita causa. Nesse sentido, a pressão social que a indústria do álcool produz, aliado a falta de programas de prevenção por parte do Estado, aumenta os casos de abuso de álcool no cenário brasileiro.
          Em primeiro plano, sabe-se que os meios de comunicação de massa, na visão frankfurtiana, influenciam a população visando a alienação e o consumo. De modo análogo, essa ideia explica como a indústria do álcool a partir de propagandas midiáticas promove uma pressão social para que as pessoas consumam bebidas alcoólicas. Assim, os cidadãos influenciados pelo marketing, têm a falsa visão de que ao consumir o produto irão adquirir felicidade e realização pessoal, consequentemente há maior consumo e mais lucro para essas empresas. 
    
          Ademais, vale ressaltar que o álcool é uma droga socialmente aceita e ela está inserida em vários contextos sociais diferentes. Paralelamente, é notável que com o cigarro já foi assim, foi só em 1996 que o Brasil começou a implantar leis que regulamentassem o uso e as propagandas desse produto. Logo, o Estado mostra-se negligente com as problemáticas do álcool, não tendo nenhuma lei especifica para prevenir o abuso desta substância, como no caso do fumo. 
    
          Fica evidente, portanto, que o Estado deve intervir diretamente nessa conjuntura. Primordialmente, o CONAR-Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária deve, mediante de regulamentação rígida, restringir as publicidades envolvendo o álcool, a fim de diminuir  pressão social do consumo dessa substância. Outrossim, o Ministério da Saúde precisa promover, por meio da mesma mídia que aliena, segundo Adorno e Horkheimer, campanhas que mostrem os perigos do abuso do álcool, com o intuito que alertar a população sobre os riscos.