O abuso de álcool na sociedade brasileira

Envie sua redação para correção
    Nos dias de hoje, é comum ligar a televisão e deparar-se com propagandas de bebidas alcoólicas. Todas associando o consumo à momentos prazerosos. O acesso a bebida sempre foi bastante simples e a crescente publicidade a cerca dos momentos proporcionados é um fator que pode despertar o interesse até mesmo de quem nunca experimentou.
          O preocupante é que, o fácil acesso e essa associação ao prazer tem levado a um aumento do consumo entre os jovens , que iniciam as experiencias com a bebida cada vez mais cedo, e podem torna-se dependentes. O que já é uma realidade, ouvir jovens relatarem só conseguirem se houver a ingestão de bebidas.
          O fato de uma minoria dos jovens não beberem, levam a julgamentos errôneos, e até mesmo exclusão pelos que bebem. O que muitos ignoram é que apesar de estar na moda, estar em uma festa bebendo algo, é que a ingestão cronica e abusiva do álcool pode trazer sérios problemas de saúde. E é com esses conceitos equivocados que o Governo Federal e o Ministérios da Saúde lutam dia apos dia. Campanhas na TV aberta, jornais e na Atenção a saúde, vem cada vez mais trazendo esse assunto a tona. Campanhas como a Lei Seca, vem aplicando medidas corretivas aos indivíduos que apos beber dirigem.
    
          Nota-se que apesar de tantos malefícios que o abuso do álcool e sua ingestão crônica podem podem acarretar, ainda existe uma socialização da prática. E a sociedade fecha os olhos aos risco. É impontante que haja um maior esclarecimento, bem como a regulação dos meios de comunicação e de publicidade. E por fim, um aumento na fiscalização de compra e venda desses produtos que são adquiridos facilmente por pessoas de todas as idades. Visando dessa forma diminuir o consumo exacerbado, e da venda irregular.