Envie sua redação para correção
    O alcoolismo é uma doença crônica que consiste no consumo de álcool, fazendo com que o indivíduo se torne cada vez mais tolerante a ele. No Brasil, o abuso do álcool representa um complexo desfio  a ser combatido nos dias atuais, visto que, por se tratar de uma sociedade em que o uso do álcool não é considerado um comportamento ilícito, e também pela falta de clareza sobre o assunto, faz com que essa substância seja de fácil aceso, o que torna maior as chances do alcoolismo na população. Dessa forma, é imprescindível que medidas sejam tomadas para minimizar esse quadro.
      Em primeira instância,é relevante salientar que de acordo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de álcool per capita no Brasil chegou a 8,9 litros em 2016, superando a média internacional. Não sendo considerado o consumo de álcool em si um problema, mas sim o uso excessivo desta substância, esse fator leva em conta a falta de controle que as pessoas adquirem ao estarem embriagadas, podendo transformar circunstâncias em ameaça. Desse modo, é notório que a maior demanda por esse elemento faz com que apareça mais situações de risco, colocando em perigo não apenas o sujeito alcoolizado, mas todos os indivíduos ao seu entorno. 
      Ademais, além do perigo que as pessoas alcoólatras se colocam em simples contextos do dia a dia, muitos desses sujeitos acabam se afastando da família, dos amigos, e perdendo seu emprego, como retratado no filme "despedida em Las Vegas" pelo ator principal. Muitos indivíduos acabam não vendo no mundo uma razão para viver, e acabam tomando medidas drásticas impulsionados pelo excesso de álcool no corpo, que foi gerado anteriormente por pequenos fatores, como o desamparo do seio familiar e a falta de informação.
      Fica claro, portanto, que para reverter esse cenário problemático medidas são necessárias. É importante que o governo use de seu poder e formule, implemente, monitore e avalie políticas públicas para reduzir o uso excessivo de álcool, regulando o marketing em bebidas, e juntamente com a mídia fazendo campanhas sobre os males que o alcoolismo trás. Para que assim, esse cenário seja minimizado.