Envie sua redação para correção
    As doenças sexualmente transmissíveis que outrora eram olhadas com terror, começaram a ser banalizadas. O medo deu lugar para falta de preocupação e o número de afetados aumentou no meio jovem.
      Quem viveu nos anos oitenta e noventa presenciou celebridades ou até mesmo amigos que vieram a óbito por conta de DST's, especialmente Aids. Por ausência desse medo na atualidade, o preservativo deixou de ser visto como algo de necessidade e se tornou uma opção.
      Outro fator existente é a preocupação apenas com a possibilidade de gravidez, é aí que entra o uso apenas de pílulas anticoncepcionais nas relações héterossexuais. De acordo OMS, o público homossexual é vinte vezes mais propenso a contrair DST's e, ainda assim, o uso de camisinha é bastante escasso.
      Em virtude dos fatos mencionados, conclui-se que é necessário conscientizar os jovens a esse respeito. É essencial que o governo faça uso dos ministérios de saúde e educação com a realização de palestras e projetos que mostrem aos jovens a importância do uso de preservativos e as consequências provenientes das doenças sexualmente transmissíveis.