O aumento de DSTs entre jovens brasileiros

Envie sua redação para correção
    Os avanços da medicina ao longo dos séculos proporcionaram a sociedade diversas medidas preventivas e anticoncepcionais. No entanto, o uso inadequado ou ausência desses preservativos acaba influenciando o aumento dos casos de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) no país, constituindo um problema grave na saúde pública.
             Primeiramente, é notório visualizar que o principal meio de prevenção das DSTs é o preservativo, encontrado gratuitamente em postos, ou em preços acessíveis nas farmácias. Contudo, o empecilho para o uso desses preservativos é a falta de conhecimento dos jovens em relação ao tema, portanto, conclui-se que a sociedade brasileira demonstra desinteresse de informações a respeito do seu principal direito, a saúde. 
             Secuntariamente, é válido ressaltar que a falta de dialogo entre pais e filhos, contribui para a desproteção durante as relações sexuais, a privação da família a respeito desse assunto prejudica muito o adolescente, que não possui conhecimento necessário sobre o uso do preservativo e suas respectivas funções, que variam desde  evitar uma gravidez indesejada a proteger as pessoas de várias doenças transmitidas sexualmente.
             Consequentemente, torna-se obvio a necessidade de implantação de medidas, que irão auxiliar na diminuição dos indicies de DSTs do Brasil, o Ministério da Saúde deve estimular campanhas para o uso de preservativos, alertando as pessoas sobre a importância da camisinha durante a relação sexual, as escolas devem criar palestras sobre o tema, deixando seus alunos bem informados. Além disso, a família também tem papel importante, deve- se promover conversas a respeito do assunto e aconselhar o adolescente, deixando- o confortável para tirar dúvidas e etc.