Envie sua redação para correção
    As doenças sexualmente transmissivéis (DST´S) vem acompanhando a história da humanidade e, acometendo diversas pessoas independente da classe e gênero. Na Grécia Antiga eram chamadas de doenças vulneráveis por causa da Deusa do Amor ( Vênus). Os principais fatores do problema são a falta de conscientização, tal como, a despreocupação entre os jovens.
       Em primeiro lugar, sabe-se, que, o índice de DST´S vem crescendo, de acordo com a Unaid (O Programa Conjuntado das Nações Unidas sobre HIV/AIDS), cerca de 35 milhões de pessoas morreram por causas relacionadas a AIDS desde o inicio da epidemia. A falta de conscientização é um grande fator, pois, muitos jovens pensam que essas doenças têm 'cara' e, que nunca poderiam ser contaminados. Isso pode ocorrer por falta da conversa com os pais e , pelo assunto não ser tratado em escolas.
       Em segundo lugar, os jovens não se preocupam com a proteção deles, tendo relações com vários parceiros e,mantendo o foco apenas em pilulas anticoncepicionais. O risco é ainda maior em datas comemorativas como o carnaval, segundo o jornal G1 o índice de contagio entre os jovens de 14 a 19 anos aumentou , passando de 2,8 casos por 100 mil habitantes para 5,8, sendo a maioria dos contagiados são homens.
       Diante dos fatos mencionados, conclui-se que o Minitério da Saúde junto a mídias sociais e televisivas devem elaborar campanhas de conscientização, incentivando os jovens a se previnirem e como fazer isso. E o Ministério da Educação,colocar o assunto em programas escolares, como criar jornais escolar falando sobre tal assunto. Os pais com o papel não menos importante deve conversar mais com os filhos explicando sobre as DST´S e o problema que elas podem causar.