Envie sua redação para correção
    Por volta dos anos 1500, surgiu uma determinada doença que gerou pavor na sociedade, pois era independente da opção sexual, da faixa etária e da condição social, conhecida por sífilis. E com a finalmente descoberta da cura em 1943 , por Alexander Fleming, imaginou-se que não mais haveria casos de DST'S à partir daqula data. Conquanto, ao observar o aumento de DST'S( em maior escala entre jovens - em pleno século 21) verifica-se que essa problemática está longe de finalmente ser erradicada. Nesse contexto, torna-se claro a insuficiência de estruturas especializadas no acompanhamento desse público, bem como o entendimento acerca do papel social na erradicação da problemática.
               É indubitavel que a questão constitucional e sua aplicação estejam entre as causas do problema. Tal fato se reflete nos escassos investimentos governamentais em publicidade, que venham a ter maior acessibilidade a população, pois folhetins e anúncios televisivos não mais conscientiza a parcela jovial, e caso essa medida fosse efetivada tornaria a popularização dos males causados pelas DST'S mais inclusivo para os jovens, e devido a falta de administração, e fiscalização pública, por parte de algumas gestões isso não é firmado.
              Outro ponto relevante nessa temática é o preconceito da sociedade, que vinda é agente ativo na segregação dos portadores de DST'S. Um exemplo é o caso de alguns profissionais da saúde ainda viverem do tabu de que as DST'S é doença de promíscuos. O historiador Nicolau Maquiavel sustenta a idéia que os preconceitos têm mais raizes do que os princípios. Assim, uma Mudança nos valores da sociedade é imprencindível para a erradicação das doenças sexualmente transmissíveis.
              Portanto, indubitavelmente, medidas são necessárias para resolver esse problema. Para que isso ocorra, O Ministério da Cultura, associado a investimentos governamentais deve realizar popagandas nas redes rociais de maior audiência ( tal como o instagram, facebook, snapchat) levando infuenciadores digitais, para ensinar a prevenção das DST'S, utilizando uma dinâmica mais atual que venha chamar a atenção dos usuários, com o propósito de combater a propagação das doenças, de uma forma que os jovens compreendam na linguagem social deles. E assim, cada vez mais, estará mais perto de finamente erradicar tais doenças, que há muito tempo infringe a terra.