O aumento de DSTs entre jovens brasileiros

Envie sua redação para correção
    As DSTs são doenças causadas por seres microscópicos, sejam as bactérias, os vírus e os parasitas, transmitidos a partir da relação sexual. Tais doenças podem ter sido espalhadas para outras pessoas graças ao contato de civilizações, por cada sociedade conter anticorpos responsáveis pelo combate de doenças presentes na mesma; porém, ao entrar em contato com outras sociedades que não apresentam as mesmas, a ausência de anticorpos sobre os cidadãos pode ser fatal. A partir disso, discute-se o aumento de DSTs entre os jovens brasileiros que, graças a ausência do uso de camisinha e do medo, presentes na sociedade, muitos ignoram os fatos, levando à graves consequências. 
        Desta forma, é possível afirmar que a camisinha é uma das diversas formas de prevenção à gravidez e às DSTs, portanto é essencial para aqueles que pretendem ter relações sexuais apenas pelo prazer. Entretanto, muitos deixam de adquiri-la por falta de comunicação, sejam alertas feitos pelos pais ou responsáveis e pelos colégios, fazendo com que os jovens não saibam quais são as gravidades para aqueles que forem contaminados; além disso, a camisinha que é distribuída pelo governo acaba sendo inacessível à população de jovens, causada por exemplo, pela presença da vergonha causada pelo tabu que a sociedade transmite em relação ao ato sexual.
       Por conseguinte, a ausência de conhecimento nos jovens brasileiros é causada pela falta de comunicação e acaba, como consequência, não gerando medo aos mesmos. O medo é um sentimento muito importante quando se trata de doenças, porém acaba sendo esquecido uma vez que não são estimulados, ou seja, quando se apresentam fatos que os estimulam, por exemplo, o HIV. Isto significa que, a presença do medo na população faz com que tomem decisões que sejam analisadas com mais precisão, evitando que este aumento de DSTs permaneça na sociedade.
        Em suma, os principais causadores do aumento de DSTs entre os jovens brasileiros são a falta de comunicação e a presença do medo. Portanto, é necessário que sejam estimulados nos pais ou responsáveis e colégios a comunicação com os jovens, causando por consequência o medo, e estimulando-nos a tomarem decisões menos prejudiciais as saúdes destes.