Envie sua redação para correção
    O primeiro caso de AIDS no Brasil, ocorrido em 1982, deixou a população em alerta. Não se tinha, na época, informações suficientes sobre a doença nem prevenções. Com o passar dos anos medidas foram tomadas com o intuito de prevenir as pessoas dessa e de outros tipos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Todavia, os anos se passaram e a população se acomodou, principalmente a mais jovem. Dessa forma, o porque dessa acomodação e formas de mudar esse cenário devem ser trabalhadas.                                                                                 Primeiramente, o jovem contemporâneo com a chegada de medicamentos que inibem a AIDS, começou a negligenciar o uso de preservativos como forma de prevenção. Outrossim, muitos indivíduos acreditam que a AIDS seja a única DST existente, o que vem levando cada vez mais ao aumento de DSTs entre pessoas que entram na puberdade.                 Continuando, medidas contra este mal vem sendo tomadas, contudo, não nas proporções necessárias. Como exemplo, há casos de pessoas que nunca fizeram teste para a AIDS, assim como acreditam que exista cura para essa moléstia. Muitas medidas ainda precisam ser tomadas, como forma de mudar a situação.                                                                       Portanto, com o intuito de diminuir os casos dessas mazelas, o poder público deveria investir em programas sociais de conscientização da população. Também, buscar no ensino, público e privado, formas de ensinar as crianças sobre o seu corpo e cuidados a serem tomados quando se relacionam com outros indivíduos.