Envie sua redação para correção
    Nascido no período colonial, o entrudo tinha como finalidade a confraternização entre os colonos portugueses.Com o passar dos anos, diversos fatos, entre eles a abolição da escravatura, transformou as origens dessa festa, tão tradicional, em algo peculiar, em que as pessoas fantasiavam-se para não serem reconhecidas.
                      Com esse hábito, surge a ideia de um novo conceito, que transformaria toda a cultura de um povo, as pessoas deixaram de ser quem são para serem quem aparentam ser.em conseguinte, podemos dizer que essa lógica dá vazão a muitos vícios culturais dentre eles, a demagogia, que é o princípio de um dos grandes desafios políticos a serem vencidos, a saber, a corrupção.
                          Políticos corruptos, durante períodos eleitorais, se valem da demagogia para ludibriar eleitores e mostrarem na verdade alegorias em suas propostas onde na verdade encontram-se interessados no dinheiro público e muitas vezes nas mais diversas forma de enriquecimento ilícito, método que assemelha-se muito a cultura do carnaval.
                           Desta forma, podemos concluir que, a cultura do carnaval é sim válida em nossa história e que beneficia os cofres públicos através do turismo, mas que a ideia de esconder-se atrás de máscaras não é benéfica, nem para o povo nem para seus representantes.Assim sendo, a população deve tomar posse da democracia de cara limpa, escolher os governantes por suas atitudes e não por aparências e desvincular de suas entranhas o famoso, "jeitinho brasileiro" , em busca de promover o sensu de justiça para que haja um engajamento social em modificar a política.