Envie sua redação para correção
    Carros alegóricos, muito brilho, samba e lantejoulas, é assim que o carnaval é festejado.Sendo considerado por muitos como símbolo da nacionalidade brasileira. Mas, como pode um festejo que tira tanto dinheiro dos cofres públicos ser considerado tão importante assim? A resposta é simples, tal coisa só acontece porque a população fica encantada com a festa e acaba esquecendo dos problemas sociais.
        Muitos brasileiros passam por situação precária e crítica. Além de não possuir casa para se abrigarem, não tem um hospital descente para tratar suas enfermidades e as escolas que o governo oferece para seus filhos são simplesmente desprovidas de reformas. Para todos esses problemas o governo insiste em declarar que os cofres públicos não possuem dinheiro necessário para combater tais revés que essas pessoas passam.
       Mas aí chegam os meses de fevereiro e março e toda situação muda, as prefeituras programam as mais lindas festas carnavalescas e convida toda população carente para participar fazendo com que se sintam felizes e se esqueçam dos seus problemas financeiros. E aquela história que não tem dinheiro nos cofres das prefeituras... Bom, ela simplesmente desaparece.
          A "La Casa de Papel" retrata bem como o professor ( personagem principal) formulou aquele assalto por está cansado e insatisfeito com os atos cometidos pelo governo, principalmente pela falta de dinheiro que a população tinha. Assim, realizaram um assalto a casa da Espanha imprimindo mais de 2 bilhões de euros. Na ficção isso até pareceu certo, mas fora delas sabe-se que apesar de toda a insatisfação não é correto fraudar nem roubar dinheiro público.
         Dado o exposto, a sociedade deveria repensar, e assim veria que vale mais gastar o dinheiro da festa carnavalesca com criação de mais escolas com qualidade, mais hospitais públicos, investir em saneamento básico e por fim veria que o carnaval de fato não é o símbolo da nacionalidade brasileira do século XXI.