Envie sua redação para correção
    O carnaval é ,sem dúvida, reconhecido como manifestação cultural popular mundial. Essa grande festa, que teve origem no período colonial, incorporou ao longo dos anos características brasileiras tornando-a uma das mais relevantes representações do país. Assim, as massas veem no carnaval uma forma de expressão e identificação com suas origens, tradições e crenças. 
      É através do enredo de uma escola de samba que se ouve a voz das classes populares e marginalizadas pela sociedade. Acostumados a ter pouco ou nenhum espaço de visibilidade social durante o ano, a população brasileira acaba usando os festejos carnavalescos para expressar suas impressões relacionados a diversos temas polêmicos no Brasil. O enredo da Beija-Flor de 2018 fazia uma clara crítica a política e aos atuais governantes, com o titulo "Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu”, apontando na avenida as desigualdades e efeitos da violência urbana no estado do Rio de Janeiro.
       Outro efeito produzido pelo carnaval é a disseminação da cultura brasileira pelo mundo. Esse aspecto traz milhares de turistas e investimentos para o país. Com o apoio dos veículos midiáticos, que fazem propagandas dos principais pontos turísticos,  a economia acaba sendo aquecida em um momento de crise e faz a nação a se recuperar dos déficits orçamentários. Dessa forma são criados novos postos de trabalho e consequentemente diminuição das desigualdades sociais.
       Assim como Ché Guevara afirmou, "“Um povo que não conhece a sua história está condenado a repeti-la”, um povo sem identidade também condena-se ao ócio eterno de sua cultura. Portanto, é necessário que as escolas trabalhem nas crianças a história dos povos brasileiros, as tradições e o significado do carnaval buscando apresentar aspectos culturais típicos do Brasil por meio de feiras, bailes de carnaval e peças teatrais.  Nesse contexto, cabe ainda  ao governo federal incentivar a maior participação das camadas populares em desfiles e festas carnavalescas com subsídios para que haja democratização cultural e identificação social com os festejos.