O carnaval como símbolo da nacionalidade brasileira no século XXI

Envie sua redação para correção
    O carnaval é uma festa mundialmente conhecida e atualmente um dos maiores marcos do Brasil, por trás desse grande festejo há uma grande história que muitas pessoas não conhecem, inclusive as que comemoram a data.
       O carnaval carrega uma grande responsabilidade que é romper as barreiras do racismo e preconceito; na época da escravidão os negros eram excluídos dessa brincadeira e sempre alvos de maldade como por exemplo os senhores que jogavam farinhas neles com o intuito de deixá-los brancos. 
        No século XIX, o entrudo foi se popularizando e saiu das casas para ruas e becos e isso acabou mudando os segmentos populares, trazendo para as ruas a mistura de corpos e raças; essa festa se tornou mais popular depois da abolição da escravatura (1888), pois os negros puderam participar do entrudo livremente.
       Nessa época muitas pessoas viam o carnaval como uma desordem social e denunciavam ás autoridades para que acabassem com essa manifestação, mas alguns anos depois o Brasil teve mudanças na forma política se tornando mais liberal e buscando crescer mundialmente, assim essa manifestação se tornou uma aliada.
        O carnaval é o feriado mais longo do calendário brasileiro, e uma das festas mais bonitas e alegres, todos vão a desfiles para poder aproveitar essa brincadeira e se descontrair; mas essa festa nos dias de hoje não é mais só por diversão e sim uma forma de economia do país já que tantas pessoas participam, incluindo o turismo já que muitos estrangeiros vem ao Brasil só para participar dessa data.
       Conclui-se que o carnaval representa bem a nacionalidade brasileira, carrega um pouco da história e da cultura do Brasil para o mundo, fazendo que cada vez mais pessoas venham para essa comemoração e conheçam um pouco do que a festa proporciona além de ser uma boa fonte de economia para o país.