Envie sua redação para correção
    ''O difícil'' de ser criança na sociedade brasileira 
    A criança e o adolescente merecem especial atenção,como etapas do ciclo de vida fundamentais para o desenvolvimento psicológico e social.Contudo,o desrespeito à dignidade infantil e aos seus direitos,integrados e assumidos pelas leis,corrobora a execrável realidade cada vez mais presente em nosso pais:a pedofilia infantil.
      É lamentável que ainda exista crimes à menoridade.Todos os dias são mais de 20 crianças atendidas pelos postos de saúde,a maioria do sexo feminino,vítimas de abusos sexuais.Ademais-para nossa surpresa-,esse dado levantado pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação,(SINAI),ainda não pode ser considerados,pois sabe-se que muitos casos não são denunciados.
      Outrossim,é válido salientar que,na maioria dos casos já solucionados pela justiça,o responsável por atos pedofílicos era da própria família ou próxima a ela.Isto é,pessoas menos suspeitas.Sendo assim,quando se descobre que o filho sofre de violência sexual,a família,na maioria das vezes,não ousa denunciar,posto que há o laço ''afetivo'' que ela teme romper-quando não for o próprio pai.
     Assim,como efeito dessa questão ,os transtornos comportamentais na vida da criança,não demoram a aparecer.Muitos procuram se isolar,seja dos colegas ou dos pais,a capacidade de aprendizado reduz drasticamente. Estes sintomas levam,inclusive,à depressão.Sofrem,sobretudo,com a ignorância dos próprios pais ,da falta de diálogo e com o estresse desses,pois acreditam ser as ''crises de barda'',popularmente conhecidas.
      Portanto,é necessário a ação da sociedade em geral para erradicar de vez a pedofilia no Brasil.Urge a atenção e os cuidados por parte dos pais, acerca de qualquer indício de abusos.É necessário que o governo crie leis mais rígidas para julgar tal atrocidade,amplie a ideia da importância da denuncia e a dos professores nesse contexto quando suspeitam do crime.Só assim crianças e adolescentes estarão em segurança.