O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    Muito se discute a respeito da pedofilia no Brasil, os números de casos vem crescendo disparadamente, os abusos contra crianças e adolescentes estão sendo muito comentado, porém pouco resolvido.
    Na própria residência acontece muito, mães que casam novamente e padrastos começam a morar com enteados, até mesmo pais que não tem amor pelos filhos, abusam de uma forma triste e dolorosa, mães que só pensam em prazer sexual, pessoas que se disfarçam de babás ou cuidadores e destroem a vida de uma criança.
    Além da internet que é uma ferramente perigosíssima hoje em dia, crianças tem acesso fácil, adolescentes muitas da vezes marcam encontros, nunca se sabe quem está do outro lado fingindo ser alguém bacana, mas só quer manipular até conseguir uma oportunidade e praticar a maldade.
    Vale lembrar que, nas escolas, no caminho, no transporte, pessoas indefesas que são as crianças sofrem, são vítimas de uma falta de amor. Pais que deveriam está mais presentes na vida dos filhos, simplesmente esquecem da existência deles até acontecer um estupro, e as vezes a morte. Pais que poderiam influenciar os filhos a brinquedos e jogos interativos para a idade deles, compram um tablet e deixam com acesso a internet na mão de uma criança. Muitos ensinamentos, e responsabilidades estão sendo deixados de lado quando mais que nunca tinham que ser dados mais valor e importância.
    Finalmente chega a parte em que deve-se pedir, insistir por mais segurança, pode-se dizer que o governo tem muito o que fazer, investigar cada caso que já foi denunciado, ter uma pena maior para os pedófilos, e enfim, os pais dar mais atenção aos seus filhos, perguntar mais sobre o dia, a vida, o que sente, praticar a conversa diariamente. Nas escolas, cada criança passar semanalmente por uma consulta ao psicólogo, ter aulas que façam eles entenderem a importância de avisar qualquer tipo de abuso por parte de qualquer pessoa, mesmo que seja a mais próxima.