O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    O aumento no número de denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes é um alerta para a sociedade. A prática tem se tornado mais intensa e acaba naturalmente sendo mais exposta. Dessa forma, o problema precisa ser encarado e combatido pelas autoridades, pais e pelo sistema de ensino e educação do país.
         É importante observar que a pedofilia não é um fato novo, já inserido na sociedade há muito tempo e, na maioria das vezes, em doloroso silêncio. Os indivíduos vitimados, ou seja, menores de 14 anos, ainda não possuem uma consciência estabelecida dos seus direitos, não conhecendo seu próprio corpo o que as levam a ficarem caladas diante dos abusos.
         No entanto, apesar da pedofilia já ser um assunto bastante discutido na sociedade, as crianças e adolescentes ainda carecem de orientações. Atualmente, um dos principais meios de comunicação é a internet, com um número cada vez maior de adeptos, entre eles as crianças, se tornando um ambiente propício para pedófilos atraírem e manipularem os menores. Porém, o número de abusos através da internet só aumentam devido a uma ineficaz orientação dos pais em relação ao filhos quanto aos riscos que vários sites e redes sociais oferecem. 
          Portanto, diante de tais questões é necessário uma ação conjunta entre a sociedade e o Governo Federal no combate a pedofilia. Primeiramente, os pais devem conversar mais com seus filhos, percebendo mudanças comportamentais, alertando-os para os riscos ao seus redor. Ademais, as escolas precisam orientar e criar projetos que alertem seus alunos sobre  conhecer seus direitos e o seu corpo. Por fim, o Governo deve pensar na criação efetiva de um monitoramento para a internet e punir os criminosos.