O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    Pedofilia: mais perto do aparente
        Entre os efeitos decorrentes da ascensão da industrialização brasileira iniciada em meados do século XX, ressalta-se o aumento de casos em busca de prazer sexual ilícito. Entre esses casos, a pedofilia vem ganhando notoriedade, haja vista seu crescimento exponencial que, segundo o site Globo, resultou em 87 registros diários no ano de 2013. Nesse contexto, faz-se importante debates acerca de seu combate.
        Com efeito, a pedofilia ocorre pela facilidade encontrada por parte dos delinquentes aos meios de comunicação de massa, porquanto não há rigoroso monitoramento para esses. Dessa forma, há a criação de inúmeros sites e endereços eletrônicos falsos que usam ferramentas atrativas para o público alvo, como personagens de filmes e de desenhos. Por conseguinte, o combate à pedofilia encontra dificuldades no setor de reconhecimento de criminosos.
          Outrossim, a pedofilia é influenciada através da dificuldade encontrada para denunciar casos ocorridos e suspeitos. Soma-se a isso o fato de que as vítimas, de forma geral, têm receios em relação à quebra de laços afetivos e punição de pedófilos, porquanto grande parte desses são parentes ou possuem convivência. Esse receio ocorre através da consideração de laços como inquebráveis e eternos por parte dos próprios familiares e também por parte de instituições educativas.
           Destarte, urge a adoção de medidas com o intuito de mitigar o cenário atual, que não é satisfatório. No âmbito federal, o poder Executivo deve, por meio da Polícia Federal, desenvolver ações de inteligência no reconhecimento de casos e divulgar os postos de apoio ao combate da pedofilia a fim de evitar o surgimento de casos e combater os ocorridos. No âmbito civil, Organizações Não Governamentais devem perpetuar a discussão da importância da família no combate à pedofilia.