O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    A pedofilia no Brasil não é um problema atual, no dia 18 de maio de 1973 uma menina de 8 anos no Espírito santo foi sequestrada, violentada e assassinada, que acabou sendo marco na história devido sua brutalidade e impunidade dos agressores.
     Desde então os crimes sexuais continuaram acontecendo, e de maneira crescente e alarmante, devido a situação de risco e vulnerabilidade de crianças e adolescentes. Contudo ao longo da história, questões de proteção e bem estar à infância e juventude foram sendo criadas e adaptadas na tentativa de evitar esses tipos de crimes.
      Contudo, o problema está longe de ser resolvido, torna-se importante que cada vez mais pessoas conheçam e saibam lidar com a situação em questão, denunciando e sendo informada dos fatores protetivos para crianças e adolescentes. Embora os casos de abuso sexual infanto-juvenil tenham raízes históricas e culturais, é possível impedir que eles aconteçam desde que se utilizem técnicas de prevenção, dentre as quais se destaca como primordial: a informação.
     Portanto medidas são necessárias para resolver o impasse, a iniciativa privada deveria promover parcerias com outros setores, conscientizar seus funcionários, implementar projetos sociais. Os governos deveriam criar, fiscalizar e implementar leis, projetos, obras, estabelecer contatos com outros agentes(parceria público- privada). Nas escolas realizar ações educativas,difundir uma cultura de criticidade, criação de disciplinas afins para discussão do tema, conscientizar e por fim a família deveria fiscalizar, proteger, educar, conscientizar, debater com membros. Assim sendo devemos mitigar um pouco a situação. Como já dizia o sociólogo Gilberto Freire " O ornamento da vida está na forma como um país trata suas crianças".