Envie sua redação para correção
    No que se refere ao combate a pedofilia no Brasil podemos afirmar que ainda é um grande problema enfrentado pelo tecido social. Isso se evidencia pelo número de casos destacados em noticiários e na mídia, bem como pelo crescente número de denúncias dessas crianças que podem chegar a vinte por dia.
          Cada vez mais vemos na mídia a luta das mulheres pelos seus direitos, pela busca na compreensão de que ela não é um objeto de prazer. Mas e quando esse panorama vai além e afeta crianças que ainda não tem a capacidade de se defenderem e muitas vezes nem percebem o que está ocorrendo. Crianças com cinco ou seis anos que não entendem que são donas do seu corpo e que ninguém pode toca-lo sem permissão, precisam aprender a dizer não e contar o que tem lhes acontecido.
          Segundo a Secretaria de Direitos Humanos da República, baseada no seu número telefônico para denúncias, o Disque cem, mostra que temos um crescente número de crianças e adolescentes finalmente falando e procurando ajuda. Mas esse número está longe de fazer jus a realidade, afinal existe por trás de todo esse problema um Pacto de Silêncio, que consiste no medo da vítima e da família de buscar auxílio, e expor a situação.
          Portanto, fica claro que precisamos agir em prol dessas pessoas indefesas. É necessário que o Governo Federal e Estadual ajudem seus respectivos conselhos tutelares, para que esses tenham melhores condições de ajudar e monitorar as vítimas. Bem como a mãe, e avós dessa criança devem ficar atentos a qualquer mudança de comportamento que possa indicar um possível abuso.