O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    A pedofilia é uma realidade no Brasil. Os altos índices, cada vez maiores em relação à anos anteriores, evidencia que é preciso encarar esse impasse com sapiência e agilidade para reduzi-lo . Além disso, crianças sem supervisão de um adulto na internet e pais cada vez mais distantes facilitam para pedófilos.
      De acordo com psicanalistas, a pedofilia é um distúrbio psíquico caracterizado pela obsessão de práticas sexuais não aceitas pela sociedade. É um crime que deixa sequelas mentais e emocionais que podem perpetuar por toda vida .
       Indubitavelmente, à internet é a principal propagadora desse tipo de crime. O anonimato oferecido pela internet é uma ferramenta que dá margem para pessoas mal intencionada usarem à seu favor. Desse modo, conseguem criar perfis falsos e persuadirem crianças que navegam livremente pela internet - sem a supervisão de um adulto - até infelizmente conseguirem violentá-las.
       É importante ressaltar que, de acordo com uma pesquisa feita pela Delegacia de Repressão à Pedofilia, em 40% dos casos o agressor faz parte do círculo social da vítima. Além disso, a criança violentada é omissa para denunciar aos pais, fazendo com que volte a sofrer novos abusos. Outrossim, pais que trabalham bastante e ficam pouco em casa, acabam não se atentando aos diversos sinais que uma criança abusada apresenta como: diferença no comportamento, medo, tristeza, etc.
        Em síntese, precisa-se de medidas para acabar com esse mal. Cabe às escolas, o papel de influenciar e orientar crianças para denunciar crimes de pedofilia. É necessário também que, o Ministério da Ciência, Tecnologia , Inovação e Comunicação invista pequenas verbas em pesquisas para o desenvolvimento de serviços de inteligência, a fim de rastrear possíveis estupradores na internet. Além disso, é fundamental a parceria do governo com a mídia atuando em propagandas, elucidando, principalmente o papel dos pais na observação e supervisão de seus filhos .