O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    Conforme o passar dos anos a exploração sexual, a pedofilia, o estupro e tantos outros crimes cometidos, vem crescendo gradativamente em nosso país. Podemos ver claramente este crescimento em noticiários, jornais, internet e até mesmo em redes sociais, nas quais muitas das vezes os criminosos são "caçados". Com base no levantamento feito por diversas empreitadas, SUS, etc; a pedofilia ou a exploração sexual ocorre com crianças e jovens de 9 a 17 anos de idade. Este crime bárbaro muita das vezes está relacionado com pessoas de convivência da criança ou do jovem. O que acaba gerando um medo, naquele que sofre de tal abuso. Seja por ameaça ou por medo de represálias contra a quem pratica tal crime. Esse silêncio tem tomado rumos, que com o passar dos anos, vem sido mais falado e mais ouvido. Se formos comparar no ano de 2003 ao ano de 2013, houveram muito mais casos e muito mais denúncias, o que de certa forma é de agrado, pois aqueles que sofrem, já não sofrem mais calados.
    Vale ressaltar que aqueles que cometem tal crime, são pessoas conhecidas ou até mesmo parentes e por isso as crianças e adolescentes sentem-se oprimidos a falar sobre os acontecimentos e abusos com seus pais ou responsáveis, isso quando o crime não é praticado pelo mesmo (pai ou responsável). 
    Uma das medidas mais cabíveis para retalhação do abuso é ter sempre uma conversa aberta com as crianças e jovens, pois assim, de certa forma os mesmos não sentem-se coibidos em dizer a verdade sobre os fatos. Pois muitas sofrem não apenas uma vez, mas, várias vezes e chega ocorrer até mesmo anos, tal abuso. O Plenário tem criado algumas leis que vem tentando ajudar essas crianças e ceifar de uma vez por todas esses criminosos. Mas, pelo meu ponto de vista, seria necessário que desde novos as crianças fossem sempre ouvidas e que Pedofilia ou qualquer tipo de crime relacionado, seja inafiançável e tenha um fórum e leis especiais para tais crimes, pois só assim, começaremos a ver a diferença.