O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    Violência Velada
          O abuso sexual em crianças no Brasil é a segunda maior forma de violência contra as crianças de 0 a 9 anos. Sendo, a maioria delas, por volta de 70% meninas, e os outros 30 % meninos. A violência fica em terceiro lugar na faixa de idade de 10 a 14, somando 10% das notificações. Esses dados são colhidos pelo Ministério da Saúde e acredita-se que pode ser um número bem maior. Ainda o Ministério da Saúde relata que nos hospitais integrantes do Sistema Único de Saúde são atendidas vinte crianças diariamente que sofreram abuso sexual. Diante disso, tornam - se válidas discussões sobre os desafios enfrentados, atualmente, sobre sexualidade e segurança na tenra idade, pois na maioria dos casos sofridos o agressor é alguém próximo à vítima.
          A violência sexual na infância é democrática, ou seja, pode acontecer com qualquer criança independente do meio de vida. Referente à problemática exposta pode ser ressaltado a falta de educação sexual às crianças sobre seu próprio corpo, bem como uma falta de comunicação com os pais em casa. Além disso, as políticas públicas investem de forma amena em palestras e conscientização do público, assim como em infraestrutura especializada em atender as vítimas. As consequências passam desde uma mudança de comportamento na crianças, influenciando na formação do indivíduo, até a saúde pública não ter eficiência em oferecer tratamento adequado.
          Dessa forma, medidas devem ser tomadas para diminuir esta violência no Brasil, para isso os pais devem ser orientados e sempre estar atentos as mudanças comportamentais das crianças. Além do mais, o Ministério da saúde deve ampliar os investimentos na rede SUS, a fim de melhorar o atendimento,capacitação profissional e promover conhecimento da população sobre qualquer forma de abuso sexual, no intuito de diminuir a ocorrência deste tipo de violência no Brasil.