O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    Régis Trigo, em seu filme Little Children, narra a história de um homem que aparenta ser adulto, mas é patologicamente infantil, tenta se relacionar com mulheres adultas, mas acaba se relacionando com crianças. Nesse sentido, a constante prática à pedofilia entre crianças e adolescentes no Brasil com uma faixa de idade entre 08 á 12 anos tem aumentado constantemente. O que leva a comportamentos diferenciados entre elas.
        Pessoas que praticam a pedofilia são na verdade adultos que emocionalmente são crianças. Crianças e adolescentes, atualmente, estão sendo vítimas de atos cruéis, que além de mexer com o psicológico, gera preocupações na sociedade e em seus pais. A maior parte das vítimas que já passaram por circunstâncias como essa tem medo de falar com seus pais ou mesmo fazer denuncia. Maior parte dos pais da população brasileira não tem diálogo com seus filhos sobre sexo, pois acham que este assunto irá motivar o seu filho a praticar. Encontram-se filhos de 17 anos que nunca teve diálogos sobre esses assuntos com seus pais, o que gera uma grande preocupação.
        Crianças e adolescentes que são vítimas de abuso sexual infantil, geralmente são aquelas que apresentam ter uma idade inferior com um corpo de mulher, ou mesmo as roupas que costumam vestir, como algumas roupas sensuais que acabam atraindo pedófilos. Segundo a 4º Delegacia de Repressão à Pedofilia, 60% dos agressores são amigos e parentes da vítima, sendo 20% homens a vítima e 80% mulher. A falta de disciplinas nas escolas públicas e privadas como orientação sexual com abordagem de diálogos de como se proteger e como diferenciar um toque em seu corpo por abuso e diálogos em casa acaba “inocentando” os principais alvos.
        Portanto, a pedofilia é um mal a sociedade que se torna crescente o número de abusos. Porém torna-se imperativo que o Estado, na figura do Poder Legislativo, desenvolva leis que ponham em prática as punições que o agressor deve receber, além da mídia que deve promover propagandas para elucidar as pessoas do que realmente está acontecendo no país, além do Governo que deve institucionalizar matérias que envolva diálogos da prevenção, cuidados e combates a pedofilia no Brasil.