O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    Pedofilia é uma forma doentia de satisfação sexual. Trata-se de uma perversão, um desvio sexual, que leva um indivíduo adulto a se sentir sexualmente atraído por crianças. Apesar da divergência conceitual entre médicos e psicanalistas, tendo-se como base a Classificação Internacional de Doenças da Organização Mundial da Saúde, que no item F654, define pedofilia como preferência sexual por crianças, quer se trate de meninos, meninas ou de crianças de um ou do outro sexo, geralmente pré-púberes ou no início da puberdade.
      De acordo com a Secretaria de Defesa Social, em 2016, foram registrados 1.415 casos de violência e exploração de crianças e adolescentes em Pernambuco, porém, estima-se que 90% dos casos de violência sexual contra menores sejam subnotificados e o número de denúncias só tem crescido durante o decorrer dos anos.
      Atualmente, qualquer pessoa pode ser um "pedófilo", e o que facilita a atuação deles é a dificuldade que temos para reconhecê-los, pois podem ser pessoas comuns e até de confiança da vítima ou até pelo fato de que muitos utilizam a Internet pela facilidade de encontrarem suas vítimas, através de salas de bate-papo ou redes sociais, e pelo anonimato e segurança que ela fornece, criando perfis falsos.
      Com isso, a sociedade deve investir na educação sexual para menores e na proteção, tanto física quanto on-line deles criando, por exemplo, campanhas educativas.