O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    O Silêncio dos inocentes
         No limiar do século XXI, a pedofilia é um dos principais problemas que o Brasil foi convidado a combater e resolver. Por um lado, temos a questão cultural, onde o pensamento machista se consolidou e fomentou que a relação de dominação e medo traz prazer. Por outro, como os efeitos dessa violência trarão problemas para essas crianças vítimas de tal abuso.
         No brasil, um estupro acontece a cada 11 minutos, mas apenas 10% são denunciados, na maioria desses casos, as vítimas são meninas e 40% dos casos ocorrem com crianças de 0 a 11 anos. Independente de ser assédio ou abuso sexual, as crianças que sofrem com essa violência, levarão os efeitos e impactos psicológicos por uma vida toda. A maior incidência dos casos ocorrem dentro da família ou próxima do ciclo afetivo da vítima, oque torna mais difícil a denúncia e prisão do agressor.
        De acordo com Aristóteles, a política deve ser utilizada de modo que, por meio da justiça, o equilíbrio seja alcançado na sociedade. De maneira análoga, é possível perceber que, no Brasil, a pedofilia rompe essa harmonia, haja vista que, embora hajam leis para a punição do agressor, há brechas que permitem a ocorrência dos crimes, como as muitas vítimas que deixam de efetivar a denúncia por serem intimidadas dentro da própria família. Desse modo, evidencia-se a importância do reforço da prática da regulamentação como forma de combate à problemática. 
       Entende-se, portanto, que o combate a pedofilia tem o seu pilar fundamentado na quebra do "pacto do silêncio", trabalhando a prevenção e discutindo a educação sexual com as crianças. A ação conjunta com a sociedade, que tendo o papel de agente de proteção, tiraria futuras vítimas da vulnerabilidade; a ampliação de canais como o Disk 100 e o papel da mídia em criar diálogos entre pais e filhos, estimulando com campanhas  e ações conjuntas entre escolas e professores. Dessa forma, com o assunto sendo mais abordado na sociedade, haverá um maior engajamento na resolução dessa problemática.