O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    A violência infantil, ainda é muito negligenciada quando praticada intrafamiliar. E, muitas vezes a criança por medo, ingenuidade ou pelo fato de não saber a diferença entre um carinho e um toque abusivo não denúncia, sofrendo há cada dia mais agressões que podem acarretar problemas físicos e mentais.
          A pedofilia no ambito familiar, é muito difícil de ser combatido, pois muitas vezes não se reconhece o problema existente  ou é visto de maneira natural quando ,por exemplo, tios, pais ou primos veem o menor de forma erótica, tratando-o de forma abusiva com beijos e toques porém por ser da família a situação é naturalizada. Vale ressaltar, que essa brutalidade também vem de fora de casa, no entanto esta quando descoberta é mais criminalizado que aquela.
         O imaturo por inocência, sofre muitas vezes calado, por medo de contar para os pais e ser julgado, ou em alguns casos não reconhece a hostilidade do outro para como ele. Assim, tendo problemas físicos e mentais  o primeiro tais como: hemorragias, infecções, contaminação de DSTs, gravidez precose e o segundo como mudanças de comportamento, timidez em excesso, triste com choros sem razão aparentemente. 
         Portanto, a pedofilia causa amplos problemas para criança, que sofre  calada por temor ou pelo fato de não reconhecer o significado do ato do atacante.Com isso, as escolas devêm proporcionar aulas sobre sexualidade, com palestrar ou até mesmo por meio de um professor mostrando conhecimentos sobre o corpo, o que é um carinho e o que é um ato sexual, e os pais conversas com seus filhos, sobre coisas ocorridas no  dia do menor, para que estes consigam se posicionar caso haja algo de estranho. Atitudes como essas, ajudaram a criança  entender o que é certo e o que é errado, tendo a posibilidade de ter uma infância feliz.