O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    É preciso agir!
       No limiar do século XXI,o abuso infantil é um dos principais problemas que o Brasil foi convidado a controlar,combater e resolver.Por um lado,o país é respaldado por leis de proteção à criança e ao adolescente.Por outro,essas mesmas regras não são fiscalizadas,consequentemente não são cumpridas.
      Segundo a Constituição Federal,é dever da família,sociedade e estado manter a criança a salvo da crueldade,exploração e violência.No entanto,o número de casos de caráter abusivo dentro dos lares é o que mais cresce nas pesquisas,caracterizando a falta de atenção no âmbito familiar.É responsabilidade dos pais supervisionar com quem os filhos andam,quais páginas e sites estão vendo na internet,não tirando a privacidade desses,mas,garantindo a proteção e cuidado visado pela lei.
       Não diferente,a sociedade deve agir quando suspeitar ou relatar casos de abuso sexual,ligando,inclusive de forma anônima,para qualquer delegacia ou órgãos de proteção à criança.Igualmente, o estado precisa assegurar o cumprimento das normas dadas pelo poder legislativo,fiscalizar de forma mais profunda e garantir que os agentes criminosos paguem multas e reclusão objetivadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.
      Logo,o governo pode promover junto às ONG's,medidas de suporte e cuidado às vítimas,como consultas médicas e psicológicas gratuitas;a família e escola são necessárias da instrução das crianças e atenção a qualquer mudança de comportamento;por fim, a mídia tem papel crucial da disseminação de informações sobre como agir em casos de abuso, para quais órgãos ligar e veicular campanhas de suporte às vítimas,dessa forma a sociedade brasileira poderá salvar a dignidade, saúde e muitas vezes a vida de uma criança.