O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    "A violência seja qual for a maneira como se manifesta é sempre uma derrota", assim dizia Sartre. Derrota essa constantemente pautada em noticiários, que relatam numerosos casos de pedofilia. É inegável que na sociedade brasileira existem vários meios de combate a violência sexual, porém essa ainda é uma realidade vigente que precisa ser combatida, principalmente quando se trata de violência sexual infantil.
         Nesse contexto, um dos assuntos que compõem a trilogia de cinquenta tons de cinza, é o abuso sexual sofrido por Cristian Grey em sua infância, que em certa medida choca os leitores pela tendência social em subestimar a violência sexual contra meninos. Por se tratar de um tabu, tanto os meninos quanto as meninas têm dificuldades em falar que foram vítimas dessa violência. Porém, para a psicologa Neide de Oliveira, a dificuldade é ainda maior para os meninos, por crescerem em uma cultura machista e viver em uma sociedade que de certa forma o “homem não chora” e  “sabe se defender sozinho”, por isso contar que foi violentado é como admitir que foi fraco. Sendo portanto, essas situações responsáveis pela grande subnotificação dos casos. 
          Além disso, sabe-se que a internet revolucionou os meios de comunicação, trazendo benefícios e tecnologia para o mundo. Entretanto, surgiram, simultaneamente, com essa revolução alguns "crimes virtuais", tais como a utilização desse meio de comunicação por pedófilos para realizarem suas fantasias sexuais, trocarem e comercializarem fotos, filmes, entre outros. Ademais as redes sociais também são responsáveis pelo aumento de casos de pedofilia, segundo uma pesquisa feita no Brasil, por um centro de estudos ligado a Unesco, 38% dos adolescentes de 11 a 17 anos costumam adicionar pessoas que não conhecem à lista de amigos nas redes sociais. Esse, segundo a polícia é um dos fatores apontados para o aumento dos casos de pedofilia na internet.
          Diante dos fatores apresentados, conclui-se que a pedofilia deve ser combatida no país, para que isso ocorra algumas medidas eficazes devem ser tomadas.  É fundamental que o Governo Federal em conjunto com a mídia brasileira intensifique campanhas informativas para difundir canais de denúncias, como o disque 100 e delegacias da criança e adolescente, que as escolas ofereçam palestras sobre educação sexual para que esses adolescentes tenham conhecimento sobre como se caracteriza um abuso, além de a polícia fornecer apoio e segurança para as vítimas. Só assim o abuso sexual infantil poderá ser desarticulado.