Envie sua redação para correção
    Os casos de pedofilia no Brasil tem sido cada vez mais frequentes. A causa para os aumentos expressivos do índice de violência sexual em crianças se dá pela falta de conscientização e debate acerca da sexualidade dos mesmos. O sexo virou um tabu quando relacionado a crianças, tornando os pequenos mais vulneráveis a qualquer tipo de abuso sexual por não se sentirem confortáveis em dialogar com seus responsáveis.
     Situações em que crianças são abusadas por parentes próximos, se tornou algo comum na atual situação dos brasileiros. A partir do momento em que os pais se recusam a estabelecer um diálogo sobre a sexualidade com os filhos, eles se sentem acuados a denunciar qualquer tipo de abuso que possa ter ocorrido por medo de julgamentos. Logo, é evidente que um dos caminhos para evitar o abuso sexual é propor conversas conscientizadoras entre os pais e filhos, fazendo com que os mesmos criem uma ligação e se sintam acolhidos para abordar diversos assuntos.
     Outro caminho a ser utilizado é inserir as crianças e jovens nos debates sobre a pedofilia. Cada vez mais imersos em meio de comunicação, os jovens e crianças acompanham os chamados "digital influencers" que por sua vez,  tem um forte poder de persuadir o telespectador ou seja, o debate sobre a importância de denunciar os abusos sexuais e discutir sexualidade através desses meios de comunicação se torna necessário visto que os jovens estão vulneráveis a se basear nesses influenciadores.
      Diante dos fatos mencionados, é correto afirmar que a pedofilia é o um mal a ser combatido. Sendo assim, é necessário que o governo promovam nas escolas debates com a presença de pais, filhos e especialistas no assunto, alertando sobre os perigos acerca da sexualidade e a importância da denuncia de qualquer tipo de abuso sexual. O Governo deve reforçar tambem o apoio psicológico para as vítimas de abuso e assim, colaborar para um sociedade com índice de abuso sexual cada vez menor.