O combate à pedofilia no Brasil

Envie sua redação para correção
    A violência sexual contra crianças e adolescentes na sociedade brasileira é uma problemática muito presente. Isso deve ser enfrentado, uma vez que, diariamente pelo menos vinte crianças são vítimas dessa questão. O abuso sexual aonde o agressor é conhecido da família está cada vez mais indiciado.
    Esse cenário frequente, são introduzido todos os tipos de violência sexual contra a criança e o adolescente, em algumas ocorrências ocasiona-se um assassinato. Na maioria dos casos registrados, o agressor é do sexo masculino e convive em contato direto com a vítima, acarretando na mudança de comportamento e hábitos que são perceptíveis pelos responsáveis, que consequentemente procuram psicólogos para analisar e tratar o transtorno sofrido pela criança.
    Conforme previsto pela Constituição Brasileira, estão disponíveis leis de proteção integral a criança de zero a doze anos e adolescente de doze a dezoito anos. Na interpretação das leis resulta que nenhuma criança ou adolescente será objeto de violência e negligência. O acusado de pedofilia hoje em dia no Brasil pode adquirir de quatro a dez anos de prisão e pagamento de multa, os valores são direcionados a fundações que lutam contra a violência sexual.
    Dada a complexidade do problema, faz-se necessário um acompanhamento e diálogo entre pais e filhos, campanhas publicitárias inseridas pelo Ministérios Público contra o combate a pedofilia e a criação de um sistema de monitoramento pela internet para auxiliar nas investigações. Assim construindo uma sociedade mais fiel as leis e princípios da constituição.